quarta-feira, 22 de junho de 2011

A Criação de Gaian - Parte 1 - Geral

Olá visitantes, sejam bem-vindos.

Pois bem, caros leitores e caras leitoras, o blog começa agora. No entanto, eu fiquei na dúvida sobre o que falar. Há vários assuntos – por exemplo, a mitologia que estou criando e que você pode ver um trecho logo assim. Durante vários dias pensei qual seria o primeiro assunto do blog. Por fim resolvi que nada melhor do que falar como tudo surgiu.
Esse é um tema, para mim, fascinante – seja sobre o que escrevo, seja sobre o que os outros escrevem. Eu já falei sobre esse campo no prefácio de Gaian, O Reinício, página 11 (http://www.bookess.com/read/3352-gaian-o-reinicio/). Contudo, a origem de Gaian foi e é um basicamente um desejo profundo por uma série de fatores. O primeiro deles foi a criação de uma obra ampla, rica e fantástica (tema). O segundo foi a construção de uma estória que alcançasse diversos temas (mitologia, psicologia, filosofia, religião, guerra, entre outros). O terceiro foi a construção da estória em si. Um fator, que percebi, difícil, porque não era simplesmente escrever. Não era apenas isso que eu queria. Eu também tinha em mente a necessidade de criar um texto com harmonia, adaptação e equilíbrio. O quarto fator foi o desenvolvimento de um tema em específico – a guerra e suas batalhas. Procurei aprofundar esse assunto e narrar batalhas com detalhes, pois não havia encontrado tal forma em livros épicos que tinha lido ou estava lendo. Eu particularmente acho a temática “guerra” interessante, pois ela é recorrente à natureza humana. No entanto e ao mesmo tempo, ela possui facetas que revelam lados iluminados e obscuros, os quais eu procuro abordar em Gaian, pois, como eu disse antes, são inerentes a nós. O quinto e último fator pode parecer estranho, mas eu via Gaian, O Reinício, um ponto de vista nacionalista. Para mim, o que eu estava escrevendo era algo brasileiro ou feito por uma pessoa nascida aqui. Mas com o passar das páginas eu mudei minha concepção. Hoje vejo e percebo Gaian como uma estória para todos, uma estória de alcance universal. Espero que tenham gostado. Em breve sairão novas postagens, onde irei ampliar cada um desses cinco pontos. Seja bem-vindo(a) ao mundo de Gaian.

Sinceramente,


Cláudio Manoel.

7 comentários:

  1. É interessante acompanhar o raciocínio do autor quando está pensando no que escrever. Acho que muitos leitores têm curiosidade de saber como tudo acontece.

    Acho que Gaian é uma temática complexa e que vai ganhando forma ao longo dos livros.

    Sucesso, Cláudio.

    ResponderExcluir
  2. Olá Paul. Pois é. Eu tenho muita curiosidade a respeito e agora estarei disponibilizando como Gaian surgiu, bem como outros pormenores. Obrigado pelo comentário e pelo desejo de sucesso.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  3. Ótimo texto! Elucida muitas coisas a respeitos de sua estória... E aproxima o leitor ainda mais do mundo que vc criou.
    Sucesso.
    Att
    Livia Lorena

    ResponderExcluir
  4. Olá Lilo. Obrigado. Esse é um dos objetivos desse texto. Em breve vou abordar cada um dos ponto. Sucesso para você também.

    Cláudio.

    ResponderExcluir
  5. Gostei dos fatores apresentado a do texto. Pelo que li, realmente você descreve as batalhas muito bem.E que o mundo de Gaian, seja conhecido Brasil a fora. Boa Sorte!

    ResponderExcluir
  6. Gostei dos fatores apresentado a do texto. Pelo que li, realmente você descreve as batalhas muito bem.E que o mundo de Gaian, seja conhecido Brasil a fora. Boa Sorte!

    ResponderExcluir
  7. Valeu, Amante de Histórias. Que sejam feitas suas palavras! Grande abraço, meu amigo!

    ResponderExcluir